Home Análises Análise do jogo Black Mirror

Análise do jogo Black Mirror

Compartilhe

Lançado no dia 28 de novembro de 2017 para PlayStation 4, PC e Xbox One pela THQ Nordic, Black Mirror é um jogo de aventura com uma pitada de terror psicológico e mistério.

Na verdade, ele é o reboot de uma trilogia de jogos point and click lançada em 2003. Essa análise foi feita a partir da versão para PC do jogo.

Não há necessidade de conhecer a história dos jogos da trilogia original já que a história do reboot é diferente.

Um castelo sombrio e vários mistérios

No jogo você assume o papel de David Gordon, um homem que precisou ir ao castelo de sua família que mal conhecia após a morte trágica do pai.

Por lá ele encontra os familiares que não estão tão felizes em recebe-lo e não demora muito para ele começar a desconfiar das causas da morte do pai.

David Gordon e o advogado em Black Mirror

Nesta história cercada de mistérios, o sobrenatural tem um papel importante, David começa a ver cenas do passado em sua frente e começa a cavar segredos obscuros da família Gordon.

Clima pesado

Os gráficos do jogo são o que dão o ar de suspense e toque de terror no jogo, é tudo muito escuro e sombrio, o castelo em si tem uma arquitetura de arrepiar e a modelagem dos personagens também passam um clima pesado.

Rory o jardineiro de Black Mirror

O fato da época não ter energia elétrica deixa tudo mais sombrio, tudo que você tem é uma vela que o personagem terá em alguns momentos perto de si.

Em geral o gráfico de Black Mirror é uma mistura de modelagem realista com uma pintura de quadro, o efeito de tinta é mais evidente no lado de fora do castelo.

De fora do castelo de Black Mirror

Jogabilidade também pesada

O game não é um point and click como o original, você controla o personagem livremente em uma visão de terceira pessoa.

Pode-se dizer que os controles do personagem são um tanto quanto pesados, ele não anda com total liberdade já que em alguns lugares não tem como você acessar.

Corredor escuro do castelo de Black Mirror

Em alguns momentos você percebe que ele poderia passar pelo obstáculo, mas ele se recusa a prosseguir, dando a impressão de que os controles são pesados.

Outro ponto que irrita bastante são as telas de carregamento que existem em vários pontos quando você vai entrar em algum ambiente.

Na versão PC você pode usar o cursor do mouse para apontar e interagir com objetos e a movimentação fica por conta do teclado, mas você pode também usar as teclas numéricas no lugar dos cliques se preferir só usar o teclado.

Escolhas do jogo Black Mirror

O cursor do mouse é também usado para mexer o campo de visão do ambiente, a mecânica pode te confundir no início, mas depois você se acostuma depois de alguns minutos.

Não testei com controle, mas acredito que jogar com um seja uma boa ideia.

Puzzles e interações

Em Black Mirror você encontrará puzzles muito bem elaborados, não pense que será fácil, você provavelmente vai ter que usar um guia para conseguir prosseguir ou então raciocinar por um bom tempo.

Saber explorar bem o inventário e os itens encontrados no caminho é imprescindível para resolver os quebra-cabeças e também progredir na história.

Inventário do jogo Black Mirror

Você poderá escolher dentre algumas falas do diálogo com outros personagens, a forma como você resolve tratar alguns deles pode influenciar no que pode acontecer a seguir.

O interessante é que em algumas ocasiões você vai estar em um mundo de lembranças e vai poder interagir com ele, há até certos momentos onde o seu personagem corre o risco de morrer caso você se posicione muito perto das ilusões.

Há também algumas variações legais nas interações como quando você deve manter o mouse em um círculo para manter o personagem calmo.

Minigame do cursor do mouse em Black Mirror

Conclusão

Black Mirror é um bom jogo de aventura, porém é mais recomendado para quem gosta do estilo aventura e atmosfera de mistério.

Recomendo que você jogue ele sabendo sobre a história, o jogo está disponível em Inglês e em mais 7 outras línguas, porém não está em Português.

O jogo é relativamente pequeno, em menos de 12 horas você já consegue termina-lo se for a sua primeira vez jogando.

Já jogou Black Mirror? Quer tirar uma dúvida sobre o jogo antes de comprar? Deixe um comentário logo abaixo.

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.