Home Artigos Especiais Resumo de Outlast The Murkoff Account – Parte 2

Resumo de Outlast The Murkoff Account – Parte 2

Compartilhe

Leia neste texto o resumo dos acontecimentos do segundo quadrinho de Outlast, de acordo com os criadores do jogo, essa série de histórias serve como uma ponte que une a história entre Outlast e Outlast 2.

Você pode baixar o quadrinho no site oficial do jogo clicando aqui, todos os diálogos dele estão em Inglês. Se você não leu o resumo do primeiro quadrinho de histórias de Outlast, clique aqui.

The Murkoff Account – Parte 2

O segundo quadrinho, aparentemente começa logo depois dos acontecimentos do primeiro, onde Paul está em tratamento no hospital enquanto fala sobre os crimes da Murkoff, ao mesmo tempo, Pauline conversa com pessoas da Murkoff sobre acontecimentos passados.

Ainda não ficou claro qual a data certa do encontro de Pauline com os funcionários da corporação e também da época que Paul relatou os acontecimentos para a polícia. As evidências mostram que a história que eles continuam contando é um pouco depois de Chris Walker ser aprisionado como cobaia no Monte Massive, em torno de 2012.

O médico informa a Paul que ele precisa ser levado para fazer cirurgia no olho o mais urgente possível, mas o homem se recusa, ele não quer ficar inconsciente antes de contar toda a história para a polícia, então ele volta a falar.

paul-delatando-sobre-a-murkoff

Pauline ainda está no jantar no Centro de Reabilitação da Murkoff conversando com funcionários da empresa.

Um dos funcionários pergunta como Waylon Park teve acesso a um homem chamado Simon Peacock, antes de responder, Pauline faz uma pergunta estranha, ela diz a frase “Eskimo Reuben“, quando percebe que o outro homem não sabe do que ela fala, Pauline somente diz que Simon Peacock morreu e que a história de Waylon os levará de volta ao Monte Massive.

De lugares separados, Paul e Pauline contam ao mesmo tempo a história de como receberam uma missão de investigar um pedido enviado ao RH da Murkoff a respeito de condições precárias no Hospício Monte Massive através de um email anônimo enviado no dia 4 de outubro de 2012.

email-enviado-sobre-a-murkoff-em-outlast-quadrinhos
Email enviado para os recursos humanos da Murkoff.

Paul fala que quem fica reclamando é normalmente calado pela Murkoff. Quem enviou o email tratou de não deixar nenhum rastro, então Pauline resolveu visitar o Monte Massive para saber o que eles tanto escondem.

Chegando lá ela se encontra com Jeremy Blaire que lhe mostra uma versão monstruosa de Chris Walker.

pauline-visitando-chris-walker-no-monte-massiveJeremy mostra para ela como a pesquisa deles é importante e que os funcionários que não estão profundamente envolvidos na causa não deviriam fazer ideia do que acontece lá, Pauline vê outros funcionários inserindo tubos em Billy Hope.

billy-hope-de-outlastPauline não revela nada sobre o que viu no Monte Massive para Paul, os dois continuam a investigação e vão falar com a Senhora Haas que trabalha no departamento de T.I da empresa.

Fato curioso: Pela primeira vez, o rosto de Waylon Park é apresentado oficialmente, ele é o assistente da Senhora Haas.

rosto-de-waylon-park-de-outlast
Rosto de Waylon Park!

A Sra. Haas sugere conversar com um dos superiores, Rick Trager. Os dois agentes conversam com Trager, mas não gostam do jeito dele e sabem que ele é cheio de “rolo”, Trager chama Pauline para jantar e a agente vê uma oportunidade de retirar informações dele.

No jantar, Pauline pacientemente escuta a conversa fiada de Trager, quando ele ofereceu drogas e bebidas, a moça pediu para que ele vá pegar na adega um vinho, enquanto ausente, ela vasculhou as coisas de Rick, achou drogas, suas senhas, revistas e um panfleto de uma clínica de aborto.

pauline-e-richard-trager-de-outlastQuando toma o vinho, Pauline sente o gosto diferente, Trager temperou a bebida com sonífero, ela saca a arma e obriga Trager a tomar toda a taça com a substância.

A agente liga para Paul e os dois partem para falar com a Senhora Haas que está atualmente grávida, Pauline ligou ela ao cartaz da clínica de aborto encontrado na casa de Trager. A verdade é que a criança que ela está esperando é de Trager, a Sra. Haas enviou o email esperando que Trager fosse demitido, ele queria o aborto da criança, Haas estava sem saída e seria demitida se falasse algo a respeito.

Pauline queria demitir todos e fechar o caso, mas Paul conseguiu fazer um acordo com Michelle Haas em troca de seu silêncio, ela foi destituída de seu cargo e perdeu todos os acessos, mas pelo menos ela poderia ter seu filho.

Muito Importante: Enquanto contava a história para os outros funcionários da Murkoff, Pauline mencionou que o assistente Waylon Park ficou no lugar de Michelle e comentou: “…e nós sabemos como tudo desenrolou”.

Durante o fechamento de contrato, Trager aparece com raiva, pega a tesoura em cima da mesa e ataca a barriga de Michelle, Pauline e Paul avançam em Trager e conseguem impedir-lo de fazer algo pior. Pauline prende o cabelo de Rick Trager em uma máquina de cortar papel que ranca o couro cabeludo dele.

rick-trager-quando-perdeu-o-cabeloNo hospital de Denver a verdade aparece, Michelle Haas nunca esteve grávida, ela tinha gravidez psicológica. Logo eles descobriram que ela não era a única, 1 em cada 3 mulheres do Monte Massive experienciou sintomas de gravidez psicológica, esses seriam efeitos colaterais dos experimentos.

Pauline teve o cuidado de afastar Paul para que ele não soubesse de todos os detalhes, ela ficou sabendo de toda a natureza das experiências no hospício. Todas as empregadas do lugar foram transferidas.

Sendo a única mulher pisando no Monte Massive, Pauline não hesitou em conferir pessoalmente o estado de Rick Trager, ele foi levado para o local contra sua vontade e virou um objeto de pesquisa.

richard-trager-enquanto-estava-em-tratamento-no-monte-massiveOpiniões

Que revelador, então foi assim que Richard Trager ficou tão acabado e sádico como podemos ver em Outlast. Que histórico, foi a primeira vez que os criadores oficialmente divulgam partes do rosto de um dos protagonistas de Outlast o Waylon Park.

Essa Pauline é uma vilã daquelas de novela mexicana, meu deus… queria vê-la em Outlast 2. E a mais reveladora informação nesse capítulo, ao comentar sobre o Waylon, ficou subentendido que o encontro de Pauline com os funcionários aconteceu depois dos acontecimentos de Outlast.

O que você achou desse capítulo? Concorda com a minha suspeita de que eles estão contando essas histórias do passado depois do que aconteceu no primeiro jogo? Deixe suas opiniões nos comentários abaixo.

2 Comentários (Os comentários são aprovados manualmente pela admin do site e por isso não aparecem de imediato)

  1. Bruna,
    Eu ainda acho que ficou muita coisa sem explicação.
    Me lembro bem de quando estar jogando outlast encontrar documentos que falava da gravides psicológica das mulheres.
    Mas ainda não entendi o que aconteceu exatamente com Billy Hope para ir para dentro daquela bolha?.
    O que fizeram com Cris Walker para que a aparência se tornasse tão monstruosa?. Só de olhar pro cara já dá medo……………rsss
    Enfim, ainda acho que caberia muitas explicações, mas o contexto geral da história é mesmo o mistério senão não teria graça.
    Abraços bruna.

    • Olá Edson, sim, ficam muitas questões sem respostas, mas como você disse, o mistério deixa a história mais interessante. Agora fico imaginando se na próxima edição em quadrinhos eles irão mostrar a origem de mais algum personagem de Outlast.

Deixe um comentário