Home Análises Análise de Outlast 2

Análise de Outlast 2

Compartilhe

Lançado em 25 de abril de 2017, Outlast 2 é o segundo jogo da série de terror pioneira em assustar as pessoas.

Nesta análise completa de Outlast 2, você vai saber como é realmente o jogo e como foi a experiência de jogá-lo até o fim.

Primeiramente você deve saber que não há necessidade de conhecer a história do primeiro Outlast ou jogar ele antes de Outlast 2 já que as histórias podem ser entendidas separadamente.

A análise abaixo foi criada a partir da versão PC jogando no modo de dificuldade Pesadelo, não há muitas diferenças entre as versões do PC, Xbox One e PlayStation 4.

Uma história profunda

Em Outlast 2 você controla um cameraman que está acompanhando a esposa jornalista em uma matéria arriscada em meio ao deserto do Arizona, eles investigam o caso de uma grávida encontrada perto da região.

Tudo dá errado, o helicóptero dos dois caem no local e agora o protagonista entra em uma estranha comunidade religiosa em busca da esposa.

Início de Outlast 2 no helicóptero

A ligação da história de Outlast 2 com o primeiro Outlast é bem sutil, não há retorno de nenhum personagem e também nenhuma referência direta aos acontecimentos do anterior.

Para te ajudar a montar as peças do que realmente aconteceu na história de Outlast 2, há documentos espalhados por todo o cenário, alguns em partes escondidas enquanto que outros bem a mostra.

Reflexos e paciência

A jogabilidade de Outlast 2 é bem próxima do primeiro jogo, você não consegue lutar contra os inimigos, a maior parte do seu tempo será gasta se escondendo, correndo ou esperando o momento certo para passar despercebido.

O seu personagem necessita da luz da câmera para ver por várias partes do jogo que são bem escuras e para isso é gasto baterias, elas são consumidas rapidamente e podem ser encontradas no cenário.

Sua câmera também pode captar sons próximos e esse função é usada em certas partes do jogo para conduzir o personagem até o objetivo ou sair de situações de perigo.

Modo câmera noturna em Outlast 2

O racionamento de baterias é um dos desafios de Outlast 2, esse desafio é uma das principais mecânicas que diferencia o modo mais fácil do mais difícil juntamente com o dano que os inimigos causam em você.

Uma das novidades de Outlast 2 é o curativo, você pode agora coletar e usar curativos, quando o personagem é gravemente ferido os movimentos dele ficam mais lentos e a tela suja de sangue, para se recuperar de sérios ferimentos só é possível com o curativo.

Para saber quantas baterias e curativos você tem não há um indicador na tela como na maioria dos jogos, em Outlast 2 você olha para os bolsos do personagem principal para ver o que tem e conferir gravações feitas pela câmera.

Verificando bateria e curativos em Outlast 2

Ao longo do caminho há vários locais marcantes que podem ser gravados pela câmera do seu personagem e estes momentos ficam registrados para acesso durante o jogo e fora dele no menu principal.

O jogo é dividido no modo Normal, Difícil, Pesadelo e Insano. Quanto mais difícil o nível escolhido, maior é o consumo da bateria de sua câmera e menor é o número de baterias espalhadas para recolher.

Cena de morte Outlast 2

Se você gosta realmente de desafios, o modo Insano é para você, nele você tem que passar por tudo sem morrer uma vez, se morrer você começa desde o início, um modo que definitivamente não é para qualquer um.

Sentimentos à flor da pele

Outlast 2 é um jogo que te prende, você é transportado para um mundo de ficção que parece tão real que você começa até sofrer pelo o que acontece.

É como se os personagens realmente fossem reais e é um tanto quanto difícil não se identificar com eles.

As cenas rápidas de ação vão lhe deixar muito aflito, mas o que impressiona mesmo não são os momentos de susto ou perigo iminente, mas sim as partes onde você está a salvo e vê o que seriam restos de uma guerra, uma cena sem censura de corpos mutilados e muito sangue.

Love set us free Outlast 2

E o que mais assusta nisso é que essas cenas de horror possivelmente não vieram da imaginação, mas sim de casos da vida real, a pior face da humanidade, o quão longe o humano chega ao matar por ideais ou simplesmente por loucura.

Mudança de ares

Em Outlast 2 você vai vivenciar diversos tipos de ambientes de terror, uma floresta noturna, corredores claustrofóbicos, de baixo da água, no pátio frio de uma escola, em cima de um penhasco e lugares nojentos são algumas das diversas variações de ambiente.

E o melhor dessas mudanças de ambiente é que eles são muito bem feitos, o nível de detalhes no visual do jogo e nitidez está muito bom.

A sala de aula de Outlast 2

Dificilmente você irá voltar em um lugar que você já passou. Se procurar bastante, vai encontrar lugares escondidos que você nunca imaginou que existiam.

Conclusão

Outlast 2 é um jogo que vale a pena, ele vai te envolver na história e fazer você se importar, você vai se assustar e passar por desafios durante a gameplay.

Um jogo de terror imperdível para quem gosta do estilo, uma história muito misteriosa e à disposição para ser desvendada.

Se você decidiu não jogar e gostaria somente de assistir, pode assistir aqui a minha gameplay completa de Outlast 2 no Modo Pesadelo.

1 Comentário

  1. Oi Bruna,
    Salvei o Game hoje. Gostei da Jogatina e dos sustos….rsss
    Mas não entendi quase nada da história. Com certeza haverá uma expansão como no primeiro Outlast.
    Sinceramente achei o primeiro mais assustador e com uma História mais envolvente.
    Mas Outlast, é, Outlast; e a Red Barrels está de parabéns com mais essa obra prima com certeza .
    Abraços Bruna.

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here