Compartilhe

The Legend of Korra é um jogo Beat ‘em up em terceira pessoa, ele é o primeiro game baseado na série televisiva da Nickelodeon: A lenda de Korra.

A análise que fiz foi para a versão PC do jogo, The Legend of Korra também está disponível para Playstation 3, Playstation 4, Xbox 360 e Xbox One.

História

Eu adoro a série de animações A lenda de Korra, justamente por ter uma história muito boa com lições que podemos levar para toda a vida, lições inclusive de cunho político, na série você encontra personagens interessantes, cenas engraçadas, cenas de ação e reviravoltas na história.

Todos os elementos que tornam a história do seriado tão diferente e interessante não estão contidos no jogo, a história do game é simplória e explora pouco a elenco de personagens disponíveis no enredo do desenho.

O ponto bom na história é o fato do jogo estar no ambiente da série e é bem empolgante controlar a Korra.

A história do jogo é contada durante a segunda e terceira temporada do seriado, os acontecimentos do jogo não interferem na história original.

Formato e Controles

Um ponto positivo é o fato dos produtores terem colocado a mesma vinheta do início da série animada, o jogo contém 8 capítulos e é como se você estivesse assistindo a um episódio, só faltou mesmo é um bom desenvolvimento da história.

Com relação aos controles do jogo eles são bem diferentes do daqueles comumente encontrados em games desse estilo, jogar com mouse e teclado pode ser uma experiência complicada a princípio, mas com o tempo você acabará se acostumando.

No jogo há um aviso de que a experiência com os controles no jogo pode melhorar bastante com a utilização de um controle do Xbox 360.

O mouse é usado para controlar a visão do personagem, é interessante ajustar a sensibilidade de forma que fique mais agradável. A seta do teclado e usada para mover o personagem e a câmera não vai mudar automaticamente conforme você vai andando pelo cenário, esse detalhe deixa uma simples tarefa de escalar lugares um verdadeiro desafio.

O nível de dificuldade

O jogo em si é muito desafiante, você primeiramente pode escolher o nível casual ou normal e quando zerar pode jogar no modo extremo, se você não está acostumado a jogar games é recomendado escolher o modo casual, o modo normal de The Legend of Korra é equivalente ao modo Hard de muitos jogos.

Tela game over do jogo The Legend of Korra

O primeiro desafio proporcionado pelo jogo é com relação aos itens, quando você morre e retorna no checkpoint da fase, você perde os itens que você usou e terá que comprar mais e equipar.

Quando o item acaba, além de comprar você tem que equipar novamente e essa tarefa fica bem chata depois que você morre várias vezes, fato que ocorre frequentemente.

Itens e conteúdos

No jogo você pode coletar energia espiritual, ela serve como uma moeda você pode habilitar golpes especiais e comprar itens na loja gerenciada pelo Tio Iroh um dos ícones da série Avatar da Nick.

Loja do tio Iroh no jogo The Legend of Korra

Você também coleta energia vital e experiência para cada uma das dobras que Korra estiver usando, dobra é uma espécie de poder baseado em elementos, são eles: água, fogo, terra e ar.Menu de itens de The Legend of Korra

As batalhas

No princípio a personagem principal começa sem habilidades, lutando sem nenhuma dobra, ao decorrer do jogo ela vai recuperando cada um de seus poderes, foi interessante como os autores inseriram na história esse fato para que o jogador pudesse aos poucos se acostumando com cada um dos elementos.

As batalhas do jogo consistem basicamente em atacar, se defender e contra-atacar, não existe uma boa variedade de inimigos e eles agem normalmente da mesma forma, os chefões são bem poderosos, a chave é encontrar o padrão de ataque deles, a princípio é bem legal, mas com o tempo se torna bem repetitivo.

Os golpes do jogo The Legend of Korra

Em The Legend of Korra há certos momentos nas fases onde o sistema de batalha muda, isso acontece quando Korra está cavalgando com a Naga o seu cão urso polar.

É uma espécie de modo Temple Run, onde você está correndo e tem que evitar obstáculos no caminho, você pode usar seus ataques para poder destruir objetos ou poder evitá-los.

Assim como todo o jogo, esse modo também é um grande desafio, porém não é tão legal quanto as lutas.

O jogo contém além da missão principal o modo Pro-Bending (Dobrador profissional), nesse modo Korra está disputando uma competição de dobra em equipe, no caso a mesma equipe do seriado.

O Pro-Bending é jogado com um time de três pessoas de cada lado e é dividido em rounds, as regras são parecidas com as do esporte apresentado na série de TV.

Em resumo você tem que derrubar os adversários antes que eles derrubem ou conquistar mais território no ring antes de acabar o tempo.

Esse modo é desafiante e divertido, mas contêm algumas limitações com relação ao controle da partida, eu não consegui encontrar, por exemplo, uma forma simples de mirar no adversário que quero acertar, não há um guia mostrando os golpes principais.

Os gráficos e o áudio

O estilo dos personagens é fantástico, o desenho da série tem uma característica única, mas para os cenários do jogo não foram atribuídos muitos detalhes e deixa muito a desejar.

A dublagem foi realizada pelos mesmos dubladores do desenho animado e com certeza é um quesito a mais, porém as falas do jogo ficam repetitivas em alguns momentos, principalmente ao acessar os menus do jogo.

Considerações Finais

The Legend of Korra é um jogo desafiador, na primeira vez que joguei foi bem divertido e empolgante, mas ao jogar no modo Extreme, eu perdi o interesse em continuar jogando devido o game ficar muito difícil e a história não dar o estímulo necessário para zerar novamente.

O jogo foi uma decepção para muitas pessoas que esperavam muito do game, justamente pelo fato do desenvolvimento do jogo estar nas mãos da Platinum Games a mesma desenvolvedora do grande sucesso Bayonetta.

O jogo não consegue chegar no mesmo nível de qualidade da série, mas proporciona algumas boas horas de diversão.

Nota 5

Gostou do site? Não se esqueça também de curtir a Fã Page do site e se inscrever no canal do Youtube.

2 Comentários (Os comentários são aprovados manualmente pela admin do site e por isso não aparecem de imediato)

    • É mesmo, eles bem que podiam ter gastado mais tempo pra fazer um jogo mais completo, senti também a falta de muitos personagens até mesmo aqueles que agente não controla, alguns nem aparecem nas cenas de trailer.

Deixe um comentário