Home Análises Análise do jogo The Bunker

Análise do jogo The Bunker

Compartilhe

Confira aqui uma análise do jogo The Bunker, um suspense de apontar e clicar com um ar de terror. Todo o jogo é feito com imagens com atores reais como se fosse um filme.

Em The Bunker você assume o papel de John, um homem que vive enclausurado em um abrigo subterrâneo antibomba nuclear a 20 anos ou mais, o abrigo que tinha mais de 50 pessoas nos anos 90, agora não tem ninguém além de John e sua mãe.

the-bunker-john-e-a-mae-morrendo
Na legenda: “Mãe, é a hora da leitura”.

Quando a mãe de John morre, surge um problema nas instalações do abrigo, agora ele tem que arrumar o problema e encarar os fantasmas de seu passado misterioso.

Jogar The bunker é como você assistir a um filme e poder interagir com o personagem principal, esse não é um jogo onde suas decisões mudam o desenvolver da história, mas no final a sua decisão impacta no fim que a história terá.

lugares-clicaveis-no-jogo-the-bunker

Você somente pode usar o botão do mouse para definir onde o protagonista irá ou clicar no momento certo de algum evento, esse evento pode ser por tempo onde você tem que clicar antes do tempo acabar ou então pode ser por frequência de clique ao qual você tem que clicar constantemente até atingir uma marca.

a-sala-de-computadores-em-the-bunker

No jogo você tem a oportunidade de visitar alguns lugares das instalações do abrigo para saber mais sobre a história ao escutar vozes deixadas em gravadores e lendo relatórios em papéis oficiais ou na tela de um dos computadores.

Durante alguns momentos, você irá ver flashbacks do passado de John, esses fragmentos de memória são em formato de clipes e muitos deles são interativos também.

o-pequeno-john-bisbilhotando-em-the-bunker
Na legenda: “Então, desembucha”.

Ao decorrer da história, você passa a conhecer melhor o personagem e o que você sentia no início a respeito dele pode mudar de forma inesperada.

Na gameplay de The Bunker há certos momentos de exploração de ambiente em busca de objetos para realizar alguma tarefa, há também momentos onde você somente tem que acompanhar o andamento da história e seguir por um caminho óbvio.

Apesar de te um ar de jogo de terror, The Bunker está mais para um jogo de suspense, a atmosfera escura e alguns elementos remetem ao do gênero terror, mas o jogo não chega a ser assustador e no máximo causa em você curiosidade, agonia e uma sensação de claustrofobia.

john-com-roupa-protetora-da-radiacao-no-jogo-the-bunker

Durante o jogo você pode coletar bonequinhos, essa é uma escolha opcional do jogador e não interfere diretamente no decorrer dos acontecimentos.

Resolver os puzzles ou metas do jogo não é nenhuma tarefa difícil, é tudo muito obvio e fácil, se você espera um jogo mais desafiador com problemas mirabolantes, pode ser que se decepcione com The Bunker.

codigo-para-a-porta-do-final-do-jogo-the-bunker

Um elemento que merece destaque em The Bunker é a atuação do elenco. Jogar The Bunker é como acompanhar e participar de um filme, mas esse filme não se trata de um daqueles amadores criado por estudantes de cinema, mas sim um filme muito bem representado por um time profissional e com uma ótima captura de imagem e sonorização.

A história de The Bunker também foi bem trabalhada e faz completo sentido, você não chegará ao final do jogo com muitas dúvidas sobre os acontecimentos, mas ao mesmo tempo, partes do que você encontrou no jogo a respeito do enredo, deixarão margem para interpretações para pontos de vista diferentes.

a-otima-atuacao-dos-atores-de-the-bunker

Apesar de ter uma história fictícia, o jogo poderia muito bem se tratar de uma história baseada em fatos reais, The Bunker não chega a cruzar a linha do inexplicável ou sobrenatural.

The Bunker é um jogo bem curto, você poderá completá-lo facilmente em menos de 2 horas, como o tempo de um filme normal. Logo abaixo você pode conferir a gameplay completa do jogo e seus 2 finais.

Conclusão

The Bunker é uma aventura interessante e imersiva, nunca os videogames ficaram tão perto de uma obra cinematográfica de uma forma tão bela e profissional. Um jogo sem muitos desafios, mas com uma boa atmosfera e desenvolvimento.

Deixe um comentário