Home Análises Análise de Resident Evil 7: Biohazard

Análise de Resident Evil 7: Biohazard

Compartilhe

O mais novo jogo da mais famosa franquia de terror chegou em 2017, ele é bem diferente do anterior, mas será que vale a pena jogar Resident Evil 7? Confira aqui uma análise completa e tire as suas conclusões.

Resident Evil 7 pode ser encontrado para PC, PlayStation 4 e Xbox One. Mais do que uma análise de opinião, nesta matéria você vai poder saber o que tem no jogo sem saber o que vai acontecer no final ou qualquer outro detalhe que possa estragar qualquer surpresa do enredo.

A análise abaixo foi feita com base na versão para PC, mas se você quer comprar a versão para console tenho certeza de que essa análise vai te ajudar a entender como é o jogo já que o diferente é somente a dinâmica de jogar com um controle diferente.

É diferente, mas ainda é Resident Evil

Esse é o primeiro jogo da série principal onde você joga com visão em primeira pessoa, ele ainda conta com personagens jogáveis inéditos e com o aparecimento breve de um personagem conhecido pelos fãs.

Muito foi alterado em relação aos lançamentos mais recentes, mas muitas características foram sutilmente resgatadas e incorporadas.

Menu de itens e baú de Resident Evil 7 Biohazard

Resident Evil 7 traz a ação que a grande massa de jogadores atuais precisa e também não deixa de ser um legítimo jogo de terror com muitos elementos para agradar os adoradores dos primeiros títulos da franquia.

Independentemente de você já ter jogado ou não um jogo da série Resident Evil, você irá de alguma forma apreciar o Resident Evil 7: Biohazard, já que os personagens são em grande maioria novos e sua história não tem dependência direta com nenhuma anterior.

Tem terror ou não tem?

Com belíssimos gráficos que prezam pela realidade, Resident Evil 7 passa para o jogador uma sensação de que está dentro do jogo, a visão em primeira pessoa ajuda muito nisso.

Mas o grande responsável pela imersão no Resident Evil 7 não é o gráfico realista, mas sim a sonorização do ambiente.

Desde a música tema arrepiante que mistura letras nefastas com música de ninar até mesmo ao barulho que o vento faz quando você passa por perto de uma janela, os sons do jogo são um show à parte, nota-se que os criadores dedicaram muito tempo com isso.

Em Resident Evil 7 existe terror sim e ele está em várias formas, seja ela a atmosfera desconcertante, exposição a situações nojentas, o desespero de ter poucos recursos ou pelo fato de você não conseguir matar um dos adversários.

Até mesmo os elementos clichés de terror encontrados na cultura popular estão presentes, portas que se fecham sozinhas, brinquedos, vozes e aparições inexplicáveis.

Apesar de não ter os zombies tradicionais, o jogo conta com alguns inimigos próximos do que seria um morto vivo.

Inimigos zombies de Resident Evil 7

Um enredo misterioso

O personagem principal que você controla em Resident Evil 7 é um homem aparentemente comum chamado Ethan, ele não é um especialista em armas e nem muito atlético, você também controla outros personagens em alguns momentos.

Tudo começa quando Ethan parte para uma região remota em busca de sua esposa Mia que está desaparecida, depois de receber uma pista ele acredita ter uma chance de encontrá-la, mas chegando no destino ele encontra algo pior e agora tem que sobreviver contra grandes horrores.

Igual a outros títulos da série, em Resident Evil 7 você encontra momentos de reviravolta na história, no início você se depara com uma situação misteriosa onde você se pergunta o que realmente está acontecendo.

As fitas VHS de Resident Evil 7

No caminho você consegue desvendar a história por completo ao encontrar anotações e até mesmo fitas VHS que você não somente assiste, mas controla o protagonista da gravação.

Mesmo que o mistério fique no ar durante os primeiros momentos, a sua visão é clareada e o jogo lhe dá uma explicação para os fatos no final.

Quebra-cabeças?

Em Resident Evil 7 você encontra quebra-cabeças, mas eles não são muito elaborados e estão longe de serem difíceis.

Se você não gosta de passar um tempo pensando em como destravar uma parte do jogo, não vai ligar muito para isso, mas se assim como eu você gosta de desvendar quebra-cabeças e sentir aquela satisfação quando consegue passar por um, vai ficar decepcionado.

Os puzzles super fáceis de Resident Evil 7

Em um dos puzzles de Resident Evil 7, tudo que você precisa fazer é alterar a hora do relógio conforme está marcado em todos os relógios da casa.

Em compensação para a falta de quebra-cabeças realmente desafiantes, em Resident Evil 7 você vai criar familiaridade com o ambiente já que será necessário voltar no mesmo lugar várias vezes.

O bom é que não ficou nenhum pouco repetitivo acessar os mesmos lugares, o cenário foi muito bem elaborado e é cheio de passagem secretas e caminhos alternativos.

Essa fórmula foi com certeza inspirada nos primeiros Resident Evil quando você ficava explorando somente uma região, como por exemplo, o casarão do primeiro jogo, aliás há também um casarão no Resident Evil 7.

Modos de jogo do Resident Evil 7

Para jogar Residente Evil 7 você não precisa estar conectado na internet, não há modos cooperativos ou online

O sistema do jogo salva automaticamente em alguns pontos, mas para poder salvar quando você quer, é necessário encontrar uma sala e usar um gravador que fica nela, o espaço dos jogos salvos não são infinitos, mas você pode gravar em cima de outros já salvos anteriormente.

Vale a pena jogar Resident Evil 7

Esse sistema lembra o dos primeiros jogos da série quando era necessário encontrar a máquina de escrever para salvar, a diferença é que você também tinha uma limitação com a tinta usada nela, deixando mais difícil a tarefa.

O modo história de Resident Evil 7 pode ter 2 finais possíveis que são definidos perto do final quando você precisa fazer uma escolha.

Você também pode jogar nos modos extras, alguns deles são gratuitos e outros pagos, normalmente você joga com um personagem de uma filmagem, como se tivesse vivenciando o conteúdo das fitas de VHS encontradas pelo jogo.

O legal é que existem modos extras para todos os gostos, há aqueles de sobrevivência e uns mais elaborados onde você deve escapar de uma situação.

Conteúdos extras de Resident Evil 7

Você ainda pode escolher 3 níveis de dificuldade diferentes para jogar: Fácil, Normal e Hospício, sendo que a última é habilitada somente depois que você completa o jogo ou através de algumas edições do jogo como aquela comprada antecipadamente.

Armas, Itens e interações

O número de armas e itens em Resident Evil 7 é moderado, você não terá um arsenal gigante de armamentos e muitas munições, de fato isso é um ponto muito positivo que deixa o jogo mais excitante.

Após completar o jogo você habilita armas novas, no cenário do jogo há também algumas escondidas que necessitam de alguma ação para você ter acesso a elas.

O famoso baú de itens do Resident Evil está de volta, ele sempre está na sala segura perto do gravador para salvar o seu jogo, aparentemente ele não tem um limite de armazenamento.

Você também pode fazer melhorias na vitalidade do seu personagem e também alguns outros detalhes como recarregar a arma mais rápido.

Menu rápido de itens do Ethan em Resident Evil 7

Tudo em Resident Evil 7 é feito de forma bem mais natural do que é normalmente em jogos, ao usar as modificações o personagem usa uma seringa com uma substância ou para ver a sua vitalidade você pode olhar em um aparelho medidor de saúde em seu pulso.

Espalhado pelos cenários do jogo há moedas antigas que podem ser usadas para destravar os itens de melhorias ou armas presas em gaiolas.

As gaiolas de itens de Resident Evil 7

No jogo é necessário que você gerencie bem os itens que você leva consigo, o espaço é limitado, apesar de que você pode aumenta-lo futuramente ao encontrar uma mochila maior.

As ervas verdes estão também no jogo, mas não há presença de outros tipos, somente da verde, no entanto é possível combiná-la com substâncias químicas para criar remédios mais eficazes.

A combinação de itens pode ser feita também para criar munição, você ainda conta com umas pílulas estimulantes que te ajudam a perceber onde estão escondidos os itens mais próximos no ambiente.

Considerações finais

Resident Evil 7 tem um bom tempo de gameplay, somente na campanha principal você leva de 14 a 16 horas para completar, você ainda tem os extras e o segundo final para jogar.

O jogo tem mais pontos fortes do que ruins, os gráficos e sonorização estão muito bons, o clima de terror existe, a história está muito legal e a dinâmica do cenário também.

O único ponto que decepciona é a facilidade dos quebra-cabeças, mas se você não é fã deste tipo de conteúdo, não vai sentir falta.

Sendo você um jogador hardcore ou somente de ocasião, recomendo que não deixe passar a oportunidade de jogar Resident Evil 7.

Quer ver eu zerar no modo normal? Clique aqui para assistir. Você também pode ver vídeos da demo do jogo aqui.

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here