Home Análises Análise de Fearful Symmetry & The Cursed Prince

Análise de Fearful Symmetry & The Cursed Prince

Compartilhe

Lançado no dia 12 de dezembro de 2017 para PC e Xbox One, Fearful Symmetry & The Cursed Prince é um jogo que conta com puzzles simétricos, um estilo de jogo desafiador e muito interessante.

Esta análise foi feita com base na versão do PC, mas a única diferença entre as duas versões são os controles.

Os pergaminhos da simetria

O jogo conta com 3 personagens distintos, todos envolvidos de alguma forma com os misteriosos pergaminhos da simetria.

Você começa controlando só um deles, o caçador de tesouros Hero que encontrou os pergaminhos místicos, logo após ele é amaldiçoado e passa por vários desafios, ele, no entanto adora uma aventura e não fica nada triste com a situação.

Fearful Symmetry & The Cursed Prince Hero pegando os pergaminhos

Após passar por um caminho secreto, você libera a Nulan, diferente de Hero, ela possui poderes mágicos já que ela é descendente dos criadores dos pergaminhos, ao ativar o poder, ela destroi os obstáculos e inimigos próximos.

E por último o príncipe Haim que é desbloqueado após entrar em um dos desafios do cenário bônus de Fearful Symmetry & The Cursed Prince. Já amaldiçoado pelos pergaminhos, o príncipe procura uma forma de recuperar a sua liberdade, ele tem um poder especial distinto ao de Nulan.

O poder especial de Haim é muito legal, ele se teletransporta a dois quadradinhos de distância e o mais interessante é que o outro personagem também teletransporta.

Controlando 2 personagens ao mesmo tempo

A tela do jogo é dividida em duas, do lado esquerdo está o seu personagem principal que se movimenta conforme o comando das setas direcionais, do outro está um diferente personagem que pertence a uma espécie de submundo.

Obstáculos e inimigos do jogo Fearful Symmetry & The Cursed Prince

O personagem do lado direito está do lado oposto, então os controles dele são invertidos, funciona desta forma: você movimenta o da esquerda para cima e o da direita vai para baixo, a mesma troca acontece quando há a movimentação para esquerda e direita.

Cada lado tem os seus obstáculos diferenciados e você deve bolar uma estratégia para que ambos cheguem ao outro lado da tela em uma saída.

Obstáculos e inimigos

Nas fases do jogo você vai encontrar alguns obstáculos como armadilhas de urso, fogo, arbustos, buracos, espinhos e até mesmo escrituras mortais no chão.

Além disso, você também enfrenta plantas que cospem o que parece ser um espinho mortal, mãos de zumbis, fantasmas e uma misteriosas pedra humanoide.

Fearful Symmetry & The Cursed Prince Pedra humanoide

Alguns obstáculos como paredes, armadilhas já ativadas e arbustos podem ser usados em sua vantagem para travar a movimentação de um personagem enquanto outro anda por seu mapa normalmente, gerando mais possibilidades para desvendar os puzzles.

Estilo retrô

O visual do jogo tem um bonito estilo retrô, sua simplicidade e desafios também remetem a uma antiga geração de games de console.

Tudo que você usa de controles são as setas de movimentação e a tecla de espaço para usar o especial do herói.

Tipos variados de desafios

Cada um dos personagens vai enfrentar o desafio de passar por cada fase, são mais de 20 níveis para cada um, em comparação as fases de cada personagem são similares, porém são adaptadas para os diferentes poderes que eles possuem.

As fases do jogo Fearful Symmetry & The Cursed Prince

O nível de dificuldade não é ajustável, mas as primeiras fases são mais fáceis para que o jogador se acostume com as mecânicas básicas, depois vai intercalando em muito difícil para difícil.

O nível do bônus é realmente um desafio maior, ele engloba a sua memória, seus reflexos e estratégia, tudo ao mesmo tempo.

Jogar Fearful Symmetry & The Cursed Prince foi empolgante e desafiador, encare ele como uma revistinha de desafios que você deve tentar terminar usando a lógica e tentativa e erro, realmente um bom passatempo.

Confira meus primeiros minutos com o jogo:

Conclusão

Fearful Symmetry & The Cursed Prince é um jogo para quem gosta de passatempos de desafios e que também adora jogos com visual e jogabilidade retrô.

Se você tem muita preguiça para resolver problemas e insistir em progredir em difíceis tarefas, talvez este jogo não seja indicado para você.

Em um momento senti raiva porque não conseguia passar um nível do jogo, mas foi muito gratificante quando depois voltei nele e passei sem precisar olhar a solução. Em resumo, foi uma ótima experiência jogar, minha primeira com desafios simétricos e espero poder jogar outros do mesmo tipo.

2 Comentários (Os comentários são aprovados manualmente pela admin do site e por isso não aparecem de imediato)

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.