Home Artigos Especiais A história de Silent Hill do início ao fim

A história de Silent Hill do início ao fim

Compartilhe

Você sempre quis entender a história do primeiro jogo da franquia Silent Hill mas nunca conseguiu? Você já jogou o game e não entendeu nada? Ou simplesmente ouviu falar tanto desse jogo e resolveu conhecer toda a história? Se for esse o caso você vai adorar este artigo, nele eu explico a história do primeiro jogo da série de uma forma que até mesmo quem nunca jogou o game vai entender.

Antes de continuar a leitura é bom que você saiba que apesar desse ser o primeiro título da série de jogos de Survival Horror Silent Hill, existe um outro game lançado mais tarde que conta um prólogo da história. Para entender a história do início ao fim eu o convido a ler primeiro esse artigo que conta toda a história do jogo Silent Hill Origins, a história dos dois jogos está ligada e nele dou uma introdução sobre o que é a cidade de Silent Hill.

Atenção: O texto seguinte é uma interpretação que fiz após terminar o jogo e pesquisar sobre os documentos encontrados no mesmo, o texto a seguir não é uma fanfiction, todos acontecimentos são encontrados no game, o jogo possui vários finais, mas eu escolhi um que pessoalmente acho mais interessante. Muitas anotações do jogo encontrei na wikia que você pode acessar aqui.

Cheryl Mason

No ano de 1976 em uma estrada próxima da cidade de Silent Hill, Harry e Jodie Mason encontram um bebê abandonado, o casal adota a criança e a registra com o nome de Cheryl Mason, na época o casal não tinha nenhum filho e Jodie estava muito doente. O que essas duas pessoas não sabem é que Cheryl é uma espécie de reencarnação de uma garota nascida em Silent Hill chamada Alessa, uma garota com poderes muito especiais.

Em 1979 Jodie Mason morre e deixa Harry cuidando sozinho de sua filha Cheryl.

Silent Hill 1

Em 1983 a jovem Cheryl de 7 anos de idade pede ao seu pai que a leve na calma e tranquila cidade de Silent Hill, local conhecido por ser um ótimo resort para se livrar do stress do dia a dia.

Harry e Cheryl viajam de carro para Silent Hill, era tarde da noite quando Harry dirigia pela estrada mais próxima da cidade, de repente a imagem de uma garotinha aparece no meio da estrada, Harry vira o carro bruscamente para desviar dela e acaba sofrendo um acidente.

Após algum tempo Harry acorda ainda em seu carro acidentado, mas não encontra Cheryl em lugar algum, o pai preocupado parte em busca de sua filha. Como a cidade estava bem próxima, Harry resolve procurar por Cheryl em Silent Hill.

Harry procurando a filha apos o acidente em Silent Hill 1
Harry após o acidente de carro.

Ao chegar na cidade tudo parecia deserto, havia neblina por toda parte, Harry então vê o que parece ser o vulto de sua filha correndo em direção a um beco da cidade, sem pensar duas vezes ele vai atrás dela.

Um cenário de horror e calamidade é encontrado por Harry ao entrar no beco, o lugar estava coberto com sangue, o céu se transformou da neblina para a escuridão da noite e uma sirene começou a tocar, de repente esse não parecia mais o mundo normal como nós seres humanos conhecemos, Harry não sabia, mas ele estava no Otherworld.

Para piorar a situação Harry encontra um cadáver mutilado preso em uma cerca, nesse mesmo local apareceram diversas criaturas do tamanho de uma criança que ameaçam machucar Harry que no momento se encontrava encurralado no beco, quando o homem cai no chão inconsciente ele acorda como se tivesse saído de um pesadelo.

De volta à realidade?

Harry acorda no café da cidade de Silent Hill chamado de Cafe 5to2, no local não havia ninguém além de uma policial chamada Cybil Bennett, a oficial interroga Harry que explica como se acidentou e está à procura de sua filha de 7 anos. A jovem policial é da cidade vizinha, mas por conta de uma investigação resolveu ir para Silent Hill.

Cybil Bennett de Silent Hill 1
A policial Cybil Bennett.

A cidade ainda está deserta e coberta pela neblina, Cybil percebe que Harry é um homem de bem e que somente procura pela filha, ao saber que ele iria sair sozinho pela perigosa e misteriosa cidade, ela resolve dar uma arma de fogo para Harry se proteger das criaturas.

A oficial Bennett vai embora e pouco depois Harry percebe que aquele terrível pesadelo talvez não tenha sido somente um pesadelo ao encontrar uma criatura humanoide alada que o tenta matar. Apesar disso ele segue em frente e corajosamente parte em busca da filha.

Não demora muito para Harry perceber que a cidade está com enormes crateras no chão que não permitem que ele pegue o caminho que desejar. Harry encontra umas anotações que indicam como ele deve chegar à escola da cidade, sem escolha o pai de Cheryl resolve seguir o caminho até a escola Midwich Elementary, quem sabe lá ele encontre a garotinha.

A escola

Assim como os outros lugares da cidade, a escola está também abandonada e cercada por criaturas estranhas, Harry encontra os pequenos monstros que havia em seu pesadelo.

Harry enfrenta pequenas criaturas na escola de Silent Hill 1
As pequenas criaturas atacando Harry.

Harry encontra uma forma de chegar até o pátio da escola, mas ele acaba entrando novamente no Otherworld.

Harry tenta encontrar alguma pista de Cheryl e em uma das salas da escola ele encontra alguns telefones na mesa, os aparelhos estavam sem sinal, mas um deles começou a tocar, Harry atende e escuta na linha do telefone sua filha pedindo ajuda.

Em seu caminho Harry encontra um livro infantil que ele costumava ler para a filha, o livro conta a história de um caçador que para derrotar um lagarto gigante teve que atirar dentro da boca do bicho.

Para sua surpresa, Harry encontra na sala de caldeira um monstro em forma de lagarto gigante com a cabeça dividida em duas, ele se recorda do livro infantil e acerta o ponto fraco do bicho o matando. Nesse momento a imagem de Alessa aparece para Harry e pouco tempo depois some no ar sem deixar rastros, a imagem em questão é a de Alessa com a idade que teria atualmente, por volta dos 14 anos.

Alessa com 14 anos em Silent Hill 1
A imagem de Alessa mais velha.

A misteriosa Silent Hill é conhecida por causar fenômenos nunca antes testemunhados por olhos humanos, Harry resolveu entrar nesse lugar perigoso para encontrar a filha perdida, mas sua filha adotiva contém na verdade a alma de Alessa, para poder encontrar a garota, Harry agora tem que enfrentar os medos da menina que o aterrorizam da forma mais grotesca e maléfica.

A igreja

Harry Mason consegue sair pelo outro lado da escola e agora tem acesso a igreja da cidade, ao ouvir o badalar dos sinos da igreja Harry resolve investigar.

Dentro da igreja Harry encontra Dahlia Gillespie e pergunta se era ela que tocava o sino, Dahlia diz que já esperava por sua visita e que sabe sobre a sua busca pela filha, a mãe de Alessa secretamente planeja acabar com os planos da filha e trancar novamente os seus poderes, para isso ela deixará com Harry o artefato Flauros, Harry não entende direito o que Dahlia diz e pega o Flauros achando que talvez o objeto possa ajuda-lo de alguma forma contra as criaturas da cidade.

Harry encontra Dahlia Gillespie na igreja de Silent Hill 1
Dahlia Gillespie.

Antes de partir Dahlia fala para Harry ir de pressa para o hospital Alchemilla, Harry se vê sem alternativas e resolve seguir o conselho da estranha senhora que havia encontrado na igreja.

O Hospital

Dentro do hospital, Harry encontra o doutor Michael Kaufmann que assim como Harry está assustado com as criaturas na cidade, o médico diz que não sabe o que aconteceu com a cidade e não que também não sabe do paradeiro da filha de Harry.

doutor Michael Kaufmann de SIlent Hill 1
Doutor Michael Kaufmann.

Michael vai embora e Harry encontra um frasco quebrado no chão do consultório do doutor e resolve coletar o restante do líquido espalhado.

Assim como aconteceu na escola, Harry acaba entrando contra sua vontade na versão Otherworld do hospital, nela todas as paredes do local estão com uma aparência de ferrugem misturada com sangue, monstros com a forma de enfermeiras aparecem por todos lugares.

No hospital existe o porão que mais parece uma ala subterrânea do prédio, nela há leitos e salas de tratamento. Harry explora o porão e encontra perto de um leito uma foto de Alessa com seu nome impresso, ele também acha uma fita cassete com partes do que seria comentários dos médicos que tratavam Alessa na época em que o corpo da menina foi carbonizado.

Em seu caminho Harry encontra uma enfermeira chamada Lisa Garland, a moça informa que não viu Cheryl e que também não sabe o que está acontecendo em Silent Hill, Harry pergunta se Lisa sabe algo sobre o porão do hospital e ela responde que os funcionários do hospital não têm permissão de entrar lá.

A enfermeira Lisa Garland de Silent Hill 1
Lisa Garland.

Antes de terminar a conversa a sirene de Silent Hill começa a tocar e Harry começa a sofrer uma terrível dor de cabeça, ao acordar ele se encontra fora do Otherworld em uma sala diferente do hospital e dentro dela está Dahlia.

Harry quer saber o que está acontecendo e começa a questionar Dahlia, ela informa que a escuridão está engolindo Silent Hill e que Harry precisa ir até a outra igreja da cidade e impedir que a marca de Samael seja completa, assim como no outro encontro, Dahlia sai com pressa deixando Harry sozinho.

O reencontro

Fora do hospital Harry encontra uma loja de antiguidades, ao investigar a loja ele encontra uma passagem secreta na parede, nesse momento Cybil Bennett reaparece.

Cybil reencontra com Harry em Silent Hill 1
Cybil reencontrando Harry.

A oficial informa a Harry que não conseguiu sair da cidade e que a situação está pior do que ela imaginava, nenhum mecanismo de comunicação parece funcionar na cidade.

Bennett diz a Harry que viu uma garotinha flutuando em direção ao lago próximo da rua Bachman. Ao ouvir de Harry que ele havia encontrado uma senhora chamada Dahlia que falava sobre as trevas engolindo a cidade, Cybil começa a achar que essa mulher estaria drogada, a sua investigação é a respeito de tráfico de drogas na cidade de Silent Hill.

Harry então resolve investigar o que está dentro da passagem secreta que acabou de encontrar e pede para Cybil esperar até que ele certifique que seja seguro. Antes de entrar na passagem, Harry pergunta se a policial sabe sobre o Otherworld, Cybil aparenta nunca ter entrado nessa dimensão e avisa a Harry que talvez seja somente imaginação dele.

A passagem secreta

A passagem leve Harry até um pequeno altar, ele pensa que talvez seja essa a outra igreja que Dahlia mencionou em seu último encontro. Quando Harry estava voltando para avisar Cybil o altar começa a pegar fogo, Harry acorda no mesmo quarto que encontrou Dahlia no hospital, só que dessa vez ele está no Otherworld e quem está ao seu lado é Lisa.

Um altar na passagem secreta de SIlent Hill 1
O altar encontrado dentro da passagem secreta.

Cybil percebe a demora de Harry e entra na passagem secreta em sua busca, mas ela somente encontra o altar e mais ninguém.

Otherworld

Confuso, Harry pergunta para Lisa o que estava fazendo lá, a enfermeira diz que ele teve um pesadelo. Harry percebe que Lisa está aparentemente cansada e pergunta a ela se conhece uma mulher chamada Dahlia. A enfermeira diz que Dahlia é somente uma mulher que aparentemente perdeu a filha em um incêndio e desde então ficou louca.

Lisa explica porque Dahlia poderia estar falando sobre a escuridão engolir a cidade, ela informa que antes de Silent Hill se tornar uma cidade turística havia um culto religioso poderoso e que estranhos acidentes e mortes estranhas aconteciam com frequência, como se o local fosse amaldiçoado.

Harry no otherworld com Lisa em Silent Hill 1
Harry no Otherworld com Lisa.

Ainda no Otherworld Harry acorda e se vê deitado no chão de outro lugar. Nesse momento Harry começa a imaginar se tudo isso que ele está passando não passa de um mero pesadelo e que depois de seu acidente de carro ele tenha sido levado ao hospital e esteja delirando.

Harry lembra que Cybil disse a ele sobre sua filha ter ido em direção ao lago e fica imaginando se Lisa saberia uma outra forma de chegar até o lago já que a entrada principal está bloqueada.

O Shopping

Fora da loja de antiguidades Harry se vê fora do Otherworld, o ambiente cheio de monstros e neblina ainda estavam nas ruas de Silent Hill, Harry encontra uma abertura que leva até a uma área lojas da cidade.

Dentro do que parece ser um shopping algumas televisões de repente ligam, um símbolo ritualístico que está espalhado por diversas partes da cidade aparece nas telas dos televisores e então aparece a imagem de Cheryl perguntando onde está o pai, no monitor também aparece de relance a imagem de Alessa quando tinha a idade de Cheryl.

O televisor com Cheryl no shopping de SIlent Hill 1
O telão com a imagem de Cheryl pedindo ajuda.

Continuando no shopping Harry acaba caindo em um buraco no chão e enfrenta o que parece ser uma centopeia gigante. Fora do shopping Harry segue em direção ao hospital, lá ele encontra Lisa e pergunta a ela se existe uma entrada alternativa para chegar até o lago da cidade.

Lisa lembra que existem uns túneis usados para inspeções do sistema hidráulico da cidade e que se Harry seguir eles poderá chegar até o lago. A enfermeira pede para que Harry não a deixe sozinha com os monstros, mas ela se recusa a ir com ele dizendo que de alguma forma ela não pode deixar o hospital. Harry então decide encontrar a filha e pede para que Lisa espere ele voltar.

Harry atravessa os claustrofóbicos túneis da cidade e chega até a área resort de Silent Hill.

Os mistérios de Kaufmann

Dentro de um bar Harry encontra Michael Kaufmann em apuros sendo atacado por uma das criaturas, Harry salva o médico. Kaufmann decide continuar procurando por uma saída e vai embora sozinho. Antes de deixar o médico partir, Harry pergunta se ele conhece uma garota chamada Alessa, o médico mente dizendo que não.

Harry percebe que Michael esqueceu algumas coisas, entre elas havia a chave de um cofre e uma combinação numérica. Harry investiga e descobre um depósito de entregas, usando a combinação e a chave ele abre o cofre e descobre que Kaufmann tinha uma grande quantidade de drogas guardada, possivelmente ele era responsável pelo tráfico em Silent Hill.

O pai de Cheryl resolve investigar mais e encontra um fraco com líquido estranho parecido com aquele que estava quebrado no consultório de Michael dentro do tanque de uma moto em uma garagem, no momento em que ele retira o frasco, Kaufmann chega e manda Harry devolver o frasco.

Michael pega o frasco que Harry achou em SIlent Hill 1
Kaufmann confronta Harry e pega o misterioso líquido.

Harry resolve não comprar briga com Kaufmann e entrega o frasco, o médico irritado fala para o rapaz não se intrometer em seus assuntos e vai embora.

Um mal pressentimento

Seguindo em direção ao lago, as ruas de Silent Hill se transformam no cenário do Otherworld e Harry começa a ter um mal pressentimento para esta mudança súbita.

Ao chegar no lago Harry entra em uma embarcação e lá ele reencontra Cybil, ela havia seguido o esgoto da cidade que iam em direção ao lago. Harry conversa com Cybil sobre suas conclusões a respeito de SIlent Hill, ele acredita que a cidade está sendo invadida pelo Otherworld, um mundo repleto de medo e temores que poderia existir no pesadelo de alguma pessoa, ele não sabe ao certo o que vem criando isso, mas sabe que Cheryl precisa de ajuda.

Dahlia aparece na embarcação e avisa que o demônio está se despertando e pretende engolir toda a cidade com as trevas e se ele despertar todas as pessoas no mundo morrerão. Ela diz que o demônio tomou a forma da jovem garota e que Cheryl será o sacrifício dado ao demônio para o seu despertar.

Dahlia aprece na embarcacao em SIlent Hill 1
Dahlia entrando no barco.

Harry pergunta a ela o que ele pode fazer para salvar Cheryl, Dahlia diz que ele tem que impedir o despertar do demônio, para isso ele terá que ir até a torre do farol no lago e ao parque de diversões para impedir que o círculo ritualístico se complete, faltam somente dois para terminar a invocação.

Cybil pretende ajudar Harry a salvar a filha e parte para o parque de diversões enquanto Harry vai em direção ao farol. Antes de sair, Dahlia diz a Harry que ele deve usar o Flauros, sendo essa a única maneira de impedir o ritual. Harry fica preocupado já que Cybil já saiu e ela não tem o Flauros.

Harry vai até o farol, mas percebe que chegou tarde demais, ao chegar ele encontra a imagem da adolescente Alessa indo embora e o símbolo no chão brilhando em um tom amarelado. Ao voltar no barco ele não encontra Cybil, Harry vai de pressa para o parque de diversões.

No parque Cybil é atacada por algo. Harry chega ao parque e encontra Cybil em uma cadeira de rodas no carrossel, ela está com olhos vermelhos e se levanta lentamente em direção a Harry, Cybil então saca a arma e atira em Harry, a julgar pela forma como ela se encontra ela aparentemente foi infectada por alguma coisa.

A policial Cybil infectada em Silent Hill 1
Cybil com olhos vermelhos.

Harry consegue escapar dos ataques da policial e com sorte a munição dela acaba, nesse momento ele em um ato de desespero tenta usar o líquido encontrado no consultório do doutor Kaufmann, ao jogar a substância em Cybil um monstrinho sai dela e ela recobra a consciência.

Harry Mason segue seu caminho e encontra a Alessa adolescente, ele pede que ela deixe a Cheryl em paz, Alessa movimenta o braço em direção a Harry e o faz cair, ele tenta se aproximar da garota, mas uma barreira invisível o impede, nesse momento o Flauros começa a brilhar e flutuar, o objeto começa a se separar e uma aura amarela brilha ao seu redor, nesse momento Flauros atinge Alessa que cai no chão, mais uma vez Dahlia consegue tirar os poderes de Alessa.

Dahlia aparece cantando vitória e dizendo como usou Harry para poder acabar com os planos da filha, Alessa entra em pânico e uma luz branca começa a se formar em sua frente.

O passado de Lisa

Harry acorda em outro lugar, ao seu lado está Lisa, ele pergunta o que aconteceu e onde está Alessa e Dahlia, Lisa fala para Harry que foi verificar o porão do hospital e que ao chegar lá teve um pressentimento de que já havia estado naquele lugar antes, Mason tenta confortar a enfermeira dizendo que pode ser cansaço, mas Lisa sabe que não é isso e sai com pressa pela porta.

Nesse instante Harry escuta barulhos vindo do porão do hospital, ele pega o elevador e vai até o porão. Lá ele passa um bom tempo tentando encontrar o caminho certo.

Durante a exploração de Harry em SIlent Hill ele passou por locais perigosos, cheios de monstros e lembranças desagradáveis, de certa forma tudo que ele passou é relacionado ao psicológico de Alessa, seus medos, suas inseguranças e piores pesadelos tomaram forma e ameaçaram a vida de Harry, para avançar ele teria que enfrentar tudo isso e desvendar quebra cabeças espalhados pela cidade.

Harry encontra Lisa, ela está muito perturbada porque lembrou que faz parte do grupo de Dahlia e Kaufmann, ela pede a Harry que fique do lado dela, mas Harry está muito confuso e afasta Lisa, de repente o corpo de Lisa se cobre de sangue e ela lentamente persegue Harry.

Lisa coberta de sangue em Silent Hill 1
Lisa coberta de sangue.

Harry tranca Lisa no quarto e continua sua exploração pelo porão, ele acaba descobrindo, através de anotações, que Lisa estava viciada na droga PTV que era fornecida pelo doutor e administrador do hospital Michael Kaufmann, é possível que a perda de memória da enfermeira esteja ligada ao uso excessivo da substância.

A droga PTV é proveniente de uma planta chamada White Claudia e provavelmente os seus poderes alucinógenos foram usados em rituais da seita de Silent Hill.

No porão lembranças são mostradas para Harry, Dahlia e Kaufmann estavam ao redor do leito de Alessa conversando sobre os planos da seita, em como eles não conseguiriam controlar a invocação de seu Deus superior se somente tivesse metade da alma de Alessa, nesse momento a alma da menina já tinha sido atribuída à Cheryl que não estava em Silent Hill, Dahlia disse para esperar a hora certa para recuperar a outra metade. Harry também descobre como foi a relação de Dahlia com sua filha Alessa.

A seita em volta do leito de Alessa em Silent Hill 1
O encontro secreto da seita.

O início do fim

Harry abre uma das portas do porão e encontra Cybil apontando uma arma para Dahlia, ao lado de Dahlia estava o corpo carbonizado de Alessa em uma cadeira de rodas e a projeção da adolescente Alessa com a cabeça abaixada.

Cybil atira em Dahlia ao ouvir a mulher dizendo que vai usar Cheryl como sacrifício para o ritual de sua seita, porém o tiro é em vão, Dahlia está dentro de uma proteção invisível, Cybil é arremessada para trás e cai inconsciente.

Dahlia conta a Harry que Alessa é na verdade Cheryl, a parte da alma de Alessa estava em Cheryl e voltou ao corpo original, devido aos poderes ocultos de Alessa ela foi capaz de criar uma projeção de si mesma e o corpo dela foi mantido vivo durante 7 anos, logo após o nascimento de Cheryl.

Alessa tinha planejado usar seus poderes para invocar uma magia muito poderosa para criar um mundo perfeito e pacífico destruindo o mundo corrupto em que vive, Harry acabou impedindo isso ao selar os poderes dela com o Flauros, agora Dahlia está de posse dos poderes para acordar o demônio reside dentro de Alessa, esse demônio é chamado de Deus pela seita A Ordem.

Uma luz branca sai de Alessa e a imagem de Alessa em vestido branco aparece flutuando, nesse instante Michael Kaufmann atira em Dahlia, ele diz que não gosta de ser usado e mostra para ela o frasco com a substância que Harry havia encontrado, o nome do componente é Aglaophotis.

Alessa brilhando com vestido branco em SIlent Hill 1
Alessa com um vestido branco.

Kaufmann atira o frasco em direção à Alessa que fica coberta pela substância avermelhada, o brilho da mulher se extingue e um monstro humanoide alado sai do corpo dela expelindo uma carga de energia matando instantaneamente Dahlia.

O monstro que Alessa se transformou em Silent Hill
O demônio é despertado.

Kaufmann não imaginava que isso pudesse acontecer e se afasta, Harry combate o monstro com armas de fogo e consegue o derrubar, a imagem de Alessa em branco voltou com uma criança em seus braços, ela entrega a recém nascida para Harry. Ele havia derrotado a escuridão que morava dentro de Alessa e sua alma reencarnou mais uma vez.

Cybil recobra a consciência e se levanta, Kaufmann tenta fazer o mesmo, mas Lisa aparece coberta de sangue leva o doutor para o buraco de onde ela havia saído.

Harry, Cybil e a pequena Cheryl conseguem sair de Silent Hill.

Harry e Cybil cuidando da pequena Cheryl
Harry, Cybil e Cheryl.

FIM

Gostou do texto? Deixe-me saber se continuo fazendo mais para a série Silent Hill deixando um like ou curtida do facebook na página.

Não se esqueça também de curtir a Fã Page do site e se inscrever no canal do Youtube.

2 Comentários (Os comentários são aprovados manualmente pela admin do site e por isso não aparecem de imediato)

  1. Muito bom o texto, entendi tudo agora. Quando joguei ficou muitas pontas soltas e para ajudar peguei o pior final kk O jogo não diz que você tem que ir ao bar! só depende de sua exploração ir lá.. e eu matei a Cybil, nunca passou na minha cabeça em usar o liquido misterioso..
    Jogo muito bom e historia complexa, mas fico me perguntando, porque diabos a Alessa não falou com Harry que queria o bem ?!
    Quando zerei o jogo fui pesquisar tambem varias explicações na internet, encontrei uma teoria bem bacana.. Na intro do jogo Harry esta no carro e ve a policial o ultrapassar e algum tempo depois encontra sua moto jogada no chão e não encontra o corpo da policial por perto, e logo em seguida ele sofre o acidente. Ou seja, os dois entraram no subconciente de Alessa, primeiro ela, depois ele..

    • Legal você ter gostado do texto. Bom eu imagino que se a Alessa tivesse contato ao Harry que ela tinha planos para destruir o mundo atual com todo mundo incluindo a filha dele para construir um novo e pacífico planeta, ele não iria aceitar a ideia e tentaria impedir a garota (pelo menos eu faria o mesmo).
      Pois é, parece que tem algum campo de energia perto da cidade que quando alguém o alcança acaba ficando preso.

Deixe um comentário